PERCEPÇÃO DOS FLEBOTOMISTAS FRENTE AOS CUIDADOS PRÉ-ANALÍTICOS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NO AGRESTE PERNAMBUCANO

Jadson Luiz dos Santos, Sibele Ribeiro de Oliveira, Karoline Rissele Henrique de Almeida

Resumo


Objetivo: verificar a percepção dos flebotomistas, responsáveis pela coleta sanguínea nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), sobre os interferentes na fase pré-analítica. Método: foram avaliados, através de um questionário com 25 perguntas objetivas, a percepção dos flebotomistas das UBS, quanto aos cuidados pré-analíticos. A análise estatística descritiva dos dados foi realizada através do software IBM SPSS Statistics 22. Resultados: Das 25 questões abordadas os pontos jejum, tempo e retirada do torniquete, ordens dos tubos utilizados na coleta sanguínea, tipo de transporte para as amostras biológicas, foram as mais discordantes em relação as diretrizes estabelecidas. Conclusão: Diante disso, reforça-se, veementemente, a necessidade de capacitações/atualizações/educação continuada para os profissionais flebotomistas, potencializando assim, uma redução desses erros. 


Palavras-chave


Fase pré-analítica, Flebotomia, serviços laboratoriais de saúde pública.

Texto completo:

PDF

Referências


SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA/ MEDICINA LABORATORIAL (SBPC/ML). Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial: coleta e preparo da amostra biológica. Manole: Minha Editora. Barueri, SP; 2014. 263 p.

ROHR, Ulrich-Peter et al. The value of in vitro diagnostic testing in medical practice: a status report. PloS one, v. 11, n. 3, p. e0149856, 2016.

GUIMARÃES, Alexandre Costa et al. O laboratório clínico e os erros pré-analíticos. Revista HCPA. v. 31, n. 1, p. 66-72, 2011.

LIMA-OLIVEIRA, Gabriel de Souza. et al. Controle da qualidade na coleta do espécime diagnóstico sanguíneo: iluminando uma fase escura de erros pré-analíticos. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 45, n. 6, p. 441-447, 2009.

RIVELLO, Vivian Visconti; LOURENÇO, Patrick Menezes. A prevalência de erro na fase pré-analítica nos laboratórios de análises clínicas. Revista de Saúde, v. 4, n. 1/2, p. 13-16, 2013.

RAO, L. Fatores que influenciam os exames laboratoriais. In: WILLIAMSON, Mary. A; SNYDER, L. Michael. Wallach - Interpretação de exames laboratoriais. 10ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogam, 2016, p 17-27.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA/ MEDICINA LABORATORIAL (SBPC/ML). Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial (SBPC/ML) Fatores pré-analíticos e interferentes em ensaios laboratoriais. Vol. 91, Manole. 2018. 399-404 p.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA / MEDICINA LABORATORIAL (SBPC/ML). Necessidade de jejum para coleta de sangue para a realização de exames laboratoriais: Nota da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial. 2016.

SCARTEZINI, Marileia et al. Positioning about the flexibility of fasting for lipid profiling. Arquivos brasileiros de cardiologia, v. 108, n. 3, p. 195-197, 2017.

COSTA, Vivaldo Gomes da; MORELI, Marcos Lázaro. Principais parâmetros biológicos avaliados em erros na fase pré-analítica de laboratórios clínicos: revisão sistemática. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 48, n. 3, p. 163-168, 2012.

PLEBANI, Mario. Exploring the iceberg of errors in laboratory medicine. Clínica chimica acta, v. 404, n. 1, p. 16-23, 2009.

MARTINS, Jéssica M.; RATEKE, Elayne Cristina M.; MARTINELLO, Flávia. Assessment of the pre-analytical phase of a clinical analysis’s laboratory. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 54, n. 4, p. 232-240, 2018.

BECHER, Larissa Ágata Amaral; VERZELETTI, Franciele Bona. Influência do tempo na determinação de glicose sanguínea. Cadernos da Escola de Saúde, v. 2, n. 12, 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS (ABNT). NBR 15.268:2005. Laboratório clínico – Requisitos e recomendações para exame de urina. 2005. p. 13.

LOPES, Vivianne A. et al. Sample transport validation: experience of a medium-sized laboratory. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 54, n. 5, p. 306-309, 2018.

NOVARETTI, Marcia Cristina Zago. et al. Dez anos de experiência em controle de qualidade em imuno-hematologia. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, v. 31, n. 3, p. 160-5, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.