O ensino da saúde mental para enfermagem: uma revisão da literatura

Leonor da Rocha Machado Oliveira, Camila Dias de Carvalho, Claudia Maria Sousa de Carvalho, Fernando José Guedes da Silva Júnior

Resumo


O presente estudo objetiva levantar em banco de dados os estudos relacionados ao processo de ensino em saúde mental para enfermagem. Realizou-se uma pesquisa por meio de uma revisão da literatura sobre o ensino da saúde mental para enfermagem, nas fontes de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) Enfermagem, SciELO e LILACS,onde foram analisados e discutidos seis artigos que variam do ano de 1999 a 2005. Os resultados apontam para um ensino pautado no paradigma biomédico da assistência e mostram a influência de fatores culturais no processo de ensino da saúde mental para enfermagem. Pode-se concluir que o ensino da saúde mental vem sofrendo dificuldades para seguir as novas propostas da assistência psiquiátrica, devido a instituições que ainda seguem o padrão hospitalocêntrico, trabalhando ainda com a idéia de saúde-doença, prestigiando o modelo curativo. Além disso, nota-se a percepção errônea da loucura, principalmente por discentes, tornando o aprendizado difícil e limitado, pois a representação da loucura como periculosidade e incapacidade cria barreias e dificulta a prática dos novos conceitos da assistência na saúde mental.

Palavras-chave


Saúde mental. Ensino. Enfermagem.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARANTE, P. Loucos pela vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. Rio de Janeiro: SNE/ENDP; 1995.

BARROS, S. et al. Tentativas inovadoras na prática de ensino e assistência na área de saúde mental - I. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 33, n. 2, p. 192-199, jun. 1999.

BRAGA, V. A. B.; RODRIGUES, A. R. F. A disciplina Enfermagem Psiquiátrica: expectativas da aluna. Semina. Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 15, n. 2, p. 181-7, jun. 1994.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde/DAPE. Coordenação Geral de Saúde Mental. Reforma Psiquiátrica e política de saúde mental no Brasil. Documento apresentado à Conferência Regional da Reforma dos Serviços de Saúde Mental: 15 anos depois de Caracas. OPAS. Brasília, nov.2005.

_______. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde/DAPE. Saúde mental no SUS: os centros de atenção psicossocial. Ministério da Saúde: Brasília, 2004.

______. Ministério da Educação. Brasil. Conselho Nacional de Educação, Câmara da Educação Superior. Parecer nº 3, de 7 de novembro de 2001 - institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Brasília (DF): Ministério da Educação e Cultura; 2001. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de Novembro de 2001.

CAMPOY, M. A.; MERIGHI, M. A. B.; STEFANELLI, M. C. O ensino de enfermagem em saúde mental e psiquiátrica: visão do professor e do aluno na perspectiva da fenomenologia social. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 13, n. 2, p 165-172, abr. 2005.

GONÇALVES, A. M. A doença mental e a cura: um olhar antropológico. Millenium, Viseu, n. 30, p 159-171 out. 2004.

GUIMARAES, J.; MEDEIROS, S. M. Contribuição ao ensino de saúde mental sob o signo da desinstitucionalização. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, p. 97-104, 2001.

KANTORSKI, L. P.; SILVA, G. B. O ensino de enfermagem psiquiátrica e saúde mental: um olhar a partir dos programas das disciplinas. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 8, n. 6, p. 27-34, dez. 2000.

KANTORSKI, L. P. et al. Relacionamento terapêutico e ensino de enfermagem psiquiátrica e saúde mental: tendências no Estado de São Paulo. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 39, n. 3, p. 317-324, set. 2005.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MESQUITA, J. F.; NOVELLINO, M. S. F.; CAVALCANTI, M. T. A Refroma Psiquiátrica no Brasil: Um novo olhar sobre o paradigma da saúde mental. Rio de Janeiro UFRJ, 2010.

MIELKE, F. B. et al. O cuidado em saúde mental no CAPS no entendimento dos profissionais. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n.1, p. 159-64, 2009.

CASTRO NETO, A.; GAUER, G. J. C.; FURTADO, N. R. Psiquiatria para estudantes de medicina. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003. p. 25-28.

SILVEIRA, L. C.; BRAGA, V. A. B. Acerca do conceito de loucura e seus reflexos na assistência de saúde mental. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 13, n. 4, p. 591-5, ago. 2005.

SILVA, A. T. M. et al. Formação de Enfermeiros na perspectiva da Reforma Psiquiátrica. Revista Brasileira de Enfermagem. Brasília, v. 57, n. 6, p. 675-8, dez. 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.